Tempo vs. Clima - Compreender a diferença entre tempo e clima

Breve descrição

Neste conjunto de três actividades, os alunos aprenderão a diferença entre tempo e clima. Identificarão diferentes zonas climáticas e recolherão os seus próprios dados meteorológicos. Analisarão e compararão as medições diárias e mensais da temperatura do ar. Por fim, vão aprender sobre diferentes cenários climáticos e identificar o que isso significa para as temperaturas médias mensais na sua área/país. 

Assunto Matemática, Ciências

Objectivos de aprendizagem
  • Compreender a diferença entre tempo e clima
  • Identificar os elementos e factores do clima (vento, temperatura, pressão atmosférica, precipitação)
  • Identificar as zonas climáticas mundiais detectando algumas características de base
  • Comparar dados meteorológicos e climáticos
  • Aprender a efetuar e recolher medições meteorológicas
  • Calcular a temperatura média semanal/mensal do ar
  • Interpretar quadros e gráficos e tirar conclusões
Faixa etária
8 - 12 anos de idade
Tempo
aproximadamente 45 minutos por atividade
Recurso disponível em:
Atividade 1: É o tempo ou o clima?
Nesta atividade, os alunos vão aprender a diferença entre tempo e clima, analisando diferentes declarações do Paxi. Os alunos devem concluir que o termo "tempo" implica um curto período de tempo (horas ou dias) e que o termo "clima" implica períodos muito mais longos (anos, décadas). 
Atividade 2: Detectives do tempo
Nesta atividade, os alunos fazem as suas próprias observações meteorológicas medindo a temperatura do ar e analisam os dados posteriormente. Os alunos aprendem competências na recolha de dados e praticam o seu tratamento matemático. 
Equipamento
  • Termómetro
  • Folha de actividades do aluno
  • Calculadora
Atividade 3: Repórteres sobre o clima
Nesta atividade, os alunos irão observar os cenários climáticos futuros e analisar o impacto que estes terão nas temperaturas. Escreverão um resumo do clima para o ano 2050! Os alunos também debaterão acções para ajudar a diminuir ou sensibilizar para os impactos causados pelo aumento das temperaturas. Antes de iniciar esta atividade, é importante avaliar os conhecimentos dos alunos conhecimentos dos alunos sobre os gases com efeito de estufa. Os alunos mais jovens podem iniciar a atividade assistindo ao o vídeo do Paxi sobre o efeito de estufa.

Sabia que?

O clima tem vindo a mudar há milhares de milhões de anos. Longos períodos de clima mais frio ou mais quente ocorreram muito antes de os seres humanos estarem no planeta para o influenciar. Os cientistas trabalham como detectives para descobrir como era o clima antigamente. Estes cientistas são chamados paleoclimatologistas. Utilizam pistas encontradas nos sedimentos dos lagos e oceanos, nos glaciares, nos fósseis e nos anéis das árvores para estudar o clima da Terra. A estação de investigação Concordia, na fria e seca Antárctida, é um dos postos humanos mais isolados da Terra e um local perfeito para investigar o passado climático do nosso planeta. Quando os paleoclimatologistas combinam a sua história reconstruída do clima da Terra com observações do clima moderno da Terra e as colocam em modelos informáticos, podem prever futuras alterações climáticas.

O poder da observação da Terra

Estamos todos intrinsecamente ligados à nossa Terra - desde as árvores que nos fornecem oxigénio, até às fontes naturais que moldam a nossa paisagem. O programa de observação da Terra da ESA está na vanguarda da monitorização...

Os satélites observam a Terra

Os satélites observam a Terra utilizando uma gama de comprimentos de onda no espetro eletromagnético. Descubra como podemos construir uma imagem mais completa do clima da Terra através da amostragem do espetro eletromagnético em vários comprimentos de onda.

A resolução espetral

Os satélites de observação da Terra são os guardiões do nosso planeta. Graças à tecnologia de deteção remota e à recolha diária de dados, os investigadores podem monitorizar melhor os oceanos do nosso planeta e a subida do nível do mar a partir do espaço. O conselheiro sénior da ESA...

Alteração do uso do solo

As imagens de satélite permitem-nos documentar com grande precisão as alterações na utilização dos solos. Descubra como os satélites fornecem informações sobre a utilização dos solos à escala global. Vídeo da ESERO Alemanha (em inglês).

Vista para o mar

O gelo e a neve podem ser um tema quente quando se fala de clima. As regiões polares são muito frágeis e podem dizer-nos muito sobre a forma como o clima da Terra está a mudar. Andrew Shepherd, da Universidade de...

Astro-agricultor

Breve descrição: Neste conjunto de seis actividades, os alunos irão investigar quais os factores que afectam o crescimento das plantas e relacionar esses factores com...