Do chão e do céu - Analisar e compreender imagens do planeta Terra tiradas do espaço

Breve descrição

Neste conjunto de três actividades, os alunos são introduzidos na ideia de observação remota da Terra a partir do espaço. É-lhes pedido que façam corresponder fotografias de diferentes paisagens (montanhas, lagos, rios, cidades, ilhas e desertos) tiradas a partir do solo com fotografias dos mesmos locais tiradas por astronautas a bordo da Estação Espacial Internacional e também com fotografias tiradas por satélites de observação da Terra. Em particular, este recurso utiliza fotografias do Sentinel-1 e do Sentinel-2, missões desenvolvidas pela ESA no âmbito do programa Copernicus.

Assunto Geografia, Ciências

Objectivos de aprendizagem

- Aprender sobre as diferentes perspectivas a partir das quais se pode observar um objeto
- Investigar a diferença entre fotografias tiradas do solo (na Terra) e imagens tiradas do espaço
- Descubra como são os lagos, as montanhas, os rios, as ilhas, os desertos e as cidades vistos do espaço
- Descubra as vantagens e a importância de captar imagens do espaço com os satélites de observação da Terra
- Analisar imagens e extrair informações relevantes
- Para associar diferentes objectos com base num conjunto de critérios
- Trabalhar em conjunto e partilhar conclusões

Faixa etária
8 - 12 anos de idade
Tempo
aproximadamente 45 minutos por atividade
Recurso disponível em:
Atividade 1: A Terra vista da ISS
Nesta atividade, os alunos são apresentados às fotografias tiradas pelos astronautas da ESA a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS). O objetivo é demonstrar como um ponto de vista a partir do espaço, como a EEI, pode proporcionar uma perspetiva única a partir da qual podemos monitorizar os processos e as alterações ambientais.
Atividade 2: Fazer corresponder as fotografias
Nesta atividade, os alunos observam fotografias de várias paisagens. Fazem corresponder e comparar imagens tiradas do solo e da ISS, melhorando a sua capacidade de analisar imagens e de ver a Terra de uma nova perspetiva.
Atividade 3: Mais alto!
Esta atividade apresenta aos alunos fotografias da paisagem do nosso planeta tiradas a partir do solo, bem como imagens tiradas por satélites de observação da Terra. Os satélites de observação da Terra estão localizados em várias órbitas: alguns estão mais baixos do que a Estação Espacial Internacional, outros estão a 36 000 km acima da superfície da Terra! Os alunos observam as fotografias e comparam as fotografias de montanhas, lagos, rios, cidades, ilhas e desertos tiradas do solo com as tiradas por satélites no espaço.

Sabia que?

As imagens de satélite de observação da Terra são extremamente úteis, por exemplo, para
elaboração de mapas pormenorizados, controlo das variações da vegetação, acompanhamento
poluição, ajudando a prever o tempo, e muito mais! Por vezes
as imagens finais podem parecer bastante estranhas. Por exemplo, a imagem no ecrã
direita mostra um glaciar. Na verdade, é composta por três imagens tiradas ao longo de
um período de sete semanas. As cores cinzentas representam as partes que não se moveram durante este período e as cores vivas representam as partes que se moveram ou mudaram de forma diferente durante este período.

Salvar vidas quando ocorrem catástrofes

Descubra como as imagens de satélite podem ajudar na assistência e recuperação de catástrofes em qualquer parte do mundo.

A resolução espetral

Os satélites de observação da Terra são os guardiões do nosso planeta. Graças à tecnologia de deteção remota e à recolha diária de dados, os investigadores podem monitorizar melhor os oceanos do nosso planeta e a subida do nível do mar a partir do espaço. O conselheiro sénior da ESA...

O ciclo da água

Breve descrição Neste conjunto de seis actividades, os alunos irão aprender sobre o ciclo da água e, em particular, como a água...