Projetos de Detectives Clim√°ticos 2018-2019

Tópico do projecto: Mudanças climáticas

T√≠tulo do projeto: Como √© que as altera√ß√Ķes clim√°ticas ir√£o afectar o perfil da praia na Costa del Sol?

Equipe: Detectives do clima do Aloha College  Projecto Altamente Recomendado

2018-2019   Aloha College Marbella.   Marbella   Espanha   6 A idade do aluno: 14-15


Resumo do projeto

A prov√≠ncia de M√°laga depende fortemente do turismo. Em 2015, a Costa Del Sol recebeu 10,6 milh√Ķes de visitantes, que trouxeram 11,5 mil milh√Ķes de euros para a regi√£o. A preserva√ß√£o das praias √© uma quest√£o fundamental para a economia local. A dragagem e distribui√ß√£o de areia nas praias √© um ritual anual para manter a sua viabilidade econ√≥mica. As autoridades locais espanholas encomendaram um estudo para encontrar solu√ß√Ķes de manuten√ß√£o alternativas que s√£o "adequadas" para a reposi√ß√£o das praias, mas que, em √ļltima an√°lise, n√£o s√£o sustent√°veis. Este projeto visa analisar as condi√ß√Ķes ambientais actuais que afectam o perfil da praia e a forma como as poss√≠veis altera√ß√Ķes ambientais podem agravar a situa√ß√£o. Os perfis de praia e a qualidade da areia dependem fortemente do ambiente e da atividade humana. Altera√ß√Ķes significativas no clima, por exemplo, maior precipita√ß√£o anual e tempestades, podem esgotar as praias para al√©m de uma repara√ß√£o econ√≥mica. Medi√ß√£o do perfil da praia atrav√©s de medi√ß√Ķes de dist√Ęncias e √Ęngulos ao longo dos tr√™s transectos, desde a margem do mar at√© ao fim da praia. A praia foi dividida em segmentos com a ajuda de varas de medi√ß√£o para indicar a mudan√ßa do √Ęngulo de inclina√ß√£o, utilizando um clin√≥metro. A largura da praia foi medida desde a margem do mar at√© ao fim da praia. As larguras hist√≥ricas das praias foram medidas com o Google Earth. A amostragem da areia da praia foi efectuada com peneiras graduadas. As amostras foram recolhidas em dois locais de uma praia tur√≠stica em Marbella. As amostras foram colocadas em sacos de pl√°stico selados e etiquetadas. As amostras foram depois misturadas com √°gua, que foi sifonada. A areia foi seca e peneirada. Foi utilizado um agitador de areia para separar as amostras com base na dimens√£o das part√≠culas. A massa dos sedimentos foi medida e a percentagem da amostra total foi calculada. A contamina√ß√£o por pl√°stico foi separada manualmente de cada amostra e pesada. Os dados meteorol√≥gicos secund√°rios foram descarregados da Ag√™ncia Meteorol√≥gica do Estado - AEMET.

Principais resultados

Ao longo dos transectos das praias tur√≠sticas, o padr√£o de distribui√ß√£o da areia foi muito semelhante. Este padr√£o √© consistente com o facto de as part√≠culas mais pequenas serem empurradas para cima da praia pelo vento e pelas ondas, sendo os gr√£os maiores e mais grossos depositados mais perto da √°gua na praia de S√£o Pedro. Houve muito poucas altera√ß√Ķes neste padr√£o durante o per√≠odo de tr√™s meses. No entanto, a praia de Marbella apresentava uma distribui√ß√£o diferente, que pode estar relacionada com a sua utiliza√ß√£o industrial e com a sua localiza√ß√£o pr√≥xima do leito seco de um rio. Foram detectadas pequenas quantidades de pl√°sticos na praia tur√≠stica de San Pedro, enquanto que na praia industrial de Marbella havia mais pl√°sticos. Este facto pode dever-se ao leito do rio, que est√° fortemente contaminado com pl√°stico, que pode ser arrastado para a praia durante chuvas fortes. A areia das praias da Costa del Sol √© reabastecida devido √† perda de areia resultante da eros√£o, causada pelo clima sazonal e pelos padr√Ķes das ondas. A eros√£o √© um processo natural, mas pode ser acelerada pela atividade humana e, potencialmente, pelas altera√ß√Ķes clim√°ticas. O problema da polui√ß√£o por pl√°sticos √© ainda agravado pelo facto de a dragagem da zona portu√°ria para melhorar o acesso √† navega√ß√£o ap√≥s chuvas fortes fornecer frequentemente a mat√©ria-prima para reabastecer as praias tur√≠sticas. Este facto s√≥ pode contribuir para contaminar ainda mais as praias com micropl√°sticos.

A√ß√Ķes para ajudar a amenizar o problema

Este projeto n√£o beneficiou apenas a nossa comunidade local, mas tamb√©m a nossa comunidade internacional. Tamb√©m tivemos um impacto duradouro no ambiente da nossa escola, incentivando professores, alunos e pais a contribu√≠rem para o tema do projeto: proteger o nosso ambiente. Tivemos a sorte de nos ser dada a oportunidade de instalar uma esta√ß√£o meteorol√≥gica no topo da nossa escola, que fornecer√° e descarregar√° dados regularmente. Desta forma, podemos identificar as mudan√ßas nos padr√Ķes clim√°ticos e discutir as raz√Ķes que levaram a essas mudan√ßas. Tamb√©m estamos ansiosos por ter sensores de luz e UV. Vamos ligar a nossa esta√ß√£o ao twitter para que esta informa√ß√£o esteja imediatamente dispon√≠vel para a nossa comunidade. Al√©m disso, incentiv√°mos o Comit√© Ecol√≥gico da nossa escola a reduzir os res√≠duos de pl√°stico consumidos no nosso dia a dia. Cri√°mos uma cantina sem pl√°stico, trocando os talheres de pl√°stico por talheres reutiliz√°veis. Inspir√°mos a mudan√ßa entre os nossos pares, encorajando a participa√ß√£o regular em limpezas de praia com a fam√≠lia e os amigos, organizadas pela Plastic Free Seas. Isto foi particularmente motivado pela nossa constata√ß√£o de que, mesmo nas praias aparentemente limpas e bem tratadas, se escondem quantidades mensur√°veis de micropl√°sticos. Embora n√£o tenhamos conseguido correlacionar a precipita√ß√£o total com uma diminui√ß√£o da largura da praia, destac√°mos uma s√©rie de pistas para investiga√ß√£o futura. Queremos analisar a correla√ß√£o entre a largura da praia e o n√ļmero de dias de precipita√ß√£o extrema. Tamb√©m planeamos continuar o projeto no pr√≥ximo ano, modelando a precipita√ß√£o passada para podermos prever a precipita√ß√£o futura na nossa √°rea local. V√°rios alunos est√£o tamb√©m a utilizar os nossos dados como fontes de dados prim√°rios ou secund√°rios para trabalhos de curso do IGCSE e estudos do IB. O legado deste projeto tem sido aumentar a sensibiliza√ß√£o para as altera√ß√Ķes clim√°ticas na nossa escola e na comunidade local, inspirar o estudo do nosso ambiente e v√™-lo num contexto global e, finalmente, entusiasmar os jovens a agir como indiv√≠duos e como comunidade para negar os efeitos das altera√ß√Ķes clim√°ticas.

Vídeo do projeto


Os projetos s√£o criados pelas equipes e elas assumem a responsabilidade total pelos dados compartilhados.
‚Üź Todos os projetos