Projetos de Detectives Clim√°ticos 2018-2019

Tópico do projecto: Mudanças climáticas

Título do projeto: Clima extremo e o desmatamento

Equipe: Detectives Climáticos de Vianu  Projecto Altamente Recomendado

2018-2019   Escola Nacional Superior de Informática Tudor Vianu   Bucareste   Roménia   20 A idade do aluno: 12-13


Resumo do projeto

Por um lado, nos √ļltimos anos, na Rom√©nia, tem havido uma desfloresta√ß√£o maci√ßa. Por outro lado, registaram-se temperaturas extremas tanto no Ver√£o como no Inverno e flutua√ß√Ķes maci√ßas da precipita√ß√£o. Assim, a nossa ideia principal √© determinar se existem efeitos mensur√°veis no clima romeno devido √† desfloresta√ß√£o maci√ßa dos √ļltimos anos. Para o efeito, analis√°mos a temperatura di√°ria e a quantidade de precipita√ß√£o dos √ļltimos 20 anos em Janeiro, Abril, Julho e Outubro, criando tabelas e gr√°ficos, bem como imagens e relat√≥rios sobre a desfloresta√ß√£o. A tarefa deste projecto, bem como o feedback detalhado que recebemos ap√≥s a primeira etapa, levou-nos a estudar mais profundamente os aspectos te√≥ricos subjacentes ao clima. Utiliz√°mos dados arquivados e as nossas pr√≥prias medi√ß√Ķes de temperatura e precipita√ß√£o (para Janeiro de 2019), uma vez que constru√≠mos o nosso pr√≥prio pluvi√≥metro. Tra√ß√°mos a temperatura di√°ria para cada m√™s de Janeiro, Abril, Julho e Outubro entre 2000 e 2018, e para Janeiro de 2019. Tamb√©m utiliz√°mos imagens captadas pelo sat√©lite Sentinel 2 para acompanhar a desfloresta√ß√£o ilegal na Rom√©nia. A fim de comparar os valores m√©dios da temperatura e da quantidade de precipita√ß√£o, bem como a flutua√ß√£o dos valores m√©dios, analis√°mos os dados atrav√©s da sua representa√ß√£o em gr√°ficos. Participar neste projecto deu-nos a oportunidade emocionante de agir como verdadeiros cientistas, analisando os dados, bem como as imagens recebidas de sat√©lites. Enquanto trabalh√°vamos neste projecto, fic√°mos profundamente impressionados com o dram√°tico desaparecimento de uma grande √°rea de floresta no nosso pa√≠s (336 000 ha entre 1990 e 2011). Para ajudar o ambiente, inici√°mos uma campanha, "Salvar a floresta", que come√ßou com a planta√ß√£o de uma magn√≥lia no p√°tio da nossa escola e continuar√° com um dia anual de planta√ß√£o de √°rvores.

Principais resultados

Para come√ßar, document√°mos os anos em que se verificou uma desfloresta√ß√£o maci√ßa na Rom√©nia. Em seguida, recolhemos os dados mencionados anteriormente e analis√°mos a temperatura di√°ria registada para cada m√™s de janeiro, abril, julho e outubro entre 2000 e 2018, e para janeiro de 2019. Por fim, estud√°mos as imagens captadas pelo sat√©lite Sentinel 2 das √°reas ilegalmente desmatadas na Rom√©nia e os dados adjacentes. Ao estudar a correla√ß√£o entre os valores m√©dios da temperatura e da quantidade de precipita√ß√£o, bem como as suas flutua√ß√Ķes, as fotografias tiradas e os dados plotados, verific√°mos que, em compara√ß√£o com o ano 2000, as temperaturas em janeiro, abril e outubro de 2018 s√£o significativamente maiores. No entanto, n√£o podemos concluir que estamos a assistir a um fen√≥meno de aquecimento, uma vez que n√£o existe uma tend√™ncia observ√°vel de aumento da temperatura, mas sim flutua√ß√Ķes vis√≠veis. Quanto √†s precipita√ß√Ķes, h√° grandes flutua√ß√Ķes de um ano para o outro (especialmente ap√≥s a desfloresta√ß√£o), enquanto a quantidade m√©dia de precipita√ß√£o est√° a diminuir (com excep√ß√£o dos meses de Julho de 2014 e 2015). Conclu√≠mos que n√£o existe uma correla√ß√£o entre as altera√ß√Ķes clim√°ticas e a desfloresta√ß√£o maci√ßa para o clima local (uma vez que as temperaturas flutuaram, sem apresentar uma tend√™ncia clara de crescimento), mas pode ser poss√≠vel uma inter-rela√ß√£o entre a quantidade de precipita√ß√£o e a desfloresta√ß√£o. Al√©m disso, as provas mostram o enorme papel que as florestas t√™m no equil√≠brio do clima local, afectando o ciclo da √°gua (ap√≥s a desfloresta√ß√£o, as flutua√ß√Ķes da quantidade de precipita√ß√£o aumentaram).

A√ß√Ķes para ajudar a amenizar o problema

O nosso objectivo √© sensibilizar para este assunto e convencer as autoridades a investir em mais investiga√ß√£o. Consideramos que educar as pessoas em rela√ß√£o aos factores que causam as altera√ß√Ķes clim√°ticas √© o primeiro passo para combater as amea√ßas √† vida na Terra. Para ajudar o ambiente, inici√°mos uma campanha, "Salvar a floresta", que come√ßou com a planta√ß√£o de uma magn√≥lia no p√°tio da nossa escola e continuar√° com um dia anual de planta√ß√£o de √°rvores. Como desejamos salvar as florestas romenas, na Escola Nacional de Inform√°tica Tudor Vianu vamos ter um "Dia da Floresta", iniciado por n√≥s, em Abril e Outubro, onde participaremos juntamente com outras associa√ß√Ķes e plantaremos √°rvores nas √°reas abusivamente desflorestadas. O nosso outro objectivo √© estudar as tend√™ncias gerais das altera√ß√Ķes clim√°ticas em v√°rias grandes cidades da Rom√©nia. At√© agora, Bucareste √© considerada uma regi√£o h√ļmida, mas isso pode mudar no futuro se a tend√™ncia que detect√°mos durante este projecto se mantiver. Muito obrigado por esta √≥ptima oportunidade!

Link do projeto:

https://www.facebook.com/Vianu-Climate-Detectives-511246736071823/?modal=admin_todo_tour

Vídeo do projeto


Os projetos s√£o criados pelas equipes e elas assumem a responsabilidade total pelos dados compartilhados.
‚Üź Todos os projetos