Projetos de Detectives Clim√°ticos 2018-2019

Tópico do projecto: Flora e Fauna

Título do projeto: Earth Savers II: Salvando os Ursos Polares

Equipe: Salvadores da Terra II

2018-2019¬†¬† Jes√ļs-Mar√≠a¬†¬† Burgos ¬† Espanha ¬† 25 A idade do aluno: 14-15


Resumo do projeto

O aquecimento global √© um problema grave do qual n√£o podemos fugir. H√° anos que os cientistas nos avisam que, a este ritmo, podemos estar perante o fim dos seres humanos. O habitat do urso branco est√° a desaparecer a um ritmo a que este n√£o se consegue adaptar. Nos meios de comunica√ß√£o social, aparecem continuamente imagens de ursos √† procura de comida em lixeiras. Enquanto o urso branco procura novos s√≠tios para viver e muda progressivamente os seus h√°bitos alimentares, n√≥s temos de procurar uma solu√ß√£o. Todos os animais precisam de um tempo para se adaptarem √†s novas condi√ß√Ķes ambientais. Estamos a enfrentar uma extin√ß√£o maci√ßa de esp√©cies. Qualquer esp√©cie salva √© uma conquista. Os passos seguidos na investiga√ß√£o: - Estamos √† procura de informa√ß√Ķes sobre as esp√©cies que est√£o em perigo devido ao degelo do √Ārtico. Procuramos tamb√©m informa√ß√Ķes sobre a sua dieta (por sugest√£o do nosso consultor cient√≠fico). - Procuramos um mapa do C√≠rculo Polar √Ārtico - Procuramos informa√ß√Ķes sobre a redu√ß√£o do gelo do √Ārtico - Procuramos informa√ß√Ķes sobre as √°reas que s√£o descongeladas antes, em rela√ß√£o √†s correntes. - Procuramos informa√ß√Ķes sobre a localiza√ß√£o das popula√ß√Ķes de ursos polares. - Analisamos um mapa topogr√°fico do fundo do Oceano √Ārtico - Procuramos sistemas que possam suportar o Urso Polar - Procuramos informa√ß√Ķes sobre tipos de plataformas no mar (https://sectormaritimo.es/tipos-plataformas-petroliferas) Estabelecemos os seguintes objectivos: - Contribuir para a divulga√ß√£o da trag√©dia que se est√° a formar no √Ārtico. - Estudar o √Ārtico: zonas de gelo permanente, zonas que derretem mais rapidamente, perfil geol√≥gico do fundo do √Ārtico. - Investigar poss√≠veis solu√ß√Ķes para atenuar o impacto da falta de gelo do √Ārtico sobre o urso branco (diferentes tipos de plataformas). - Gerar elementos de divulga√ß√£o e dissemina√ß√£o do nosso projeto.

Principais resultados

No que respeita √†s esp√©cies amea√ßadas pelo aquecimento, encontramos Urso polar (Ursus maritimus): come muitos tipos de animais. Os seus preferidos s√£o as crias de foca e as renas. Comem cerca de 30 quilos de comida por dia, e os filhotes um. Os ursos polares n√£o bebem √°gua, uma vez que no seu ambiente esta √© salgada e √°cida. Vivem nas zonas mais frias do √Ārtico. Os outros animais investigados (Raposa, Beluga, Morsa, etc.), n√£o dependem t√£o diretamente do gelo. √Č o urso polar que mais depende do gelo. Estes ursos precisam de gelo para se deslocarem de uma zona para outra e chegarem a locais com melhor ca√ßa. Dependem das diferentes esp√©cies de focas como principal fonte de alimento. Como estas esp√©cies t√™m de se deslocar para encontrar o seu pr√≥prio alimento, os ursos polares t√™m menos para viver. Este facto tem levado muitos deles para locais muito pr√≥ximos dos humanos. Infelizmente, estima-se que, se as altera√ß√Ķes clim√°ticas continuarem, todos os ursos polares ser√£o extintos em menos de 100 anos. A solu√ß√£o, durante o per√≠odo de adapta√ß√£o dos ursos, seria a disponibiliza√ß√£o de plataformas mar√≠timas m√≥veis e leves, distribu√≠das nas zonas onde come√ßa o degelo. A partir destas plataformas, os ursos poderiam ca√ßar e descansar. Ao mesmo tempo, as popula√ß√Ķes de ursos deveriam ser monitorizadas por sat√©lites da ESA, que poderiam determinar o seu estado de sa√ļde. Previamente, seria necess√°rio fazer um estudo sobre se √© poss√≠vel a sua cataloga√ß√£o e monitoriza√ß√£o por c√Ęmaras de infravermelhos a partir dos sat√©lites e da ISS. Quando detectam que uma popula√ß√£o n√£o est√° a ca√ßar o suficiente, as mesmas plataformas poderiam alimentar os ursos. Para que n√£o constitu√≠sse um perigo para a navega√ß√£o, a sua trajet√≥ria seria corrigida por pequenos motores solares. Para al√©m disso, teria um sistema de balizas para que os navios os detectassem.

A√ß√Ķes para ajudar a amenizar o problema

As ac√ß√Ķes que vamos tomar para ajudar na conserva√ß√£o do Urso Polar: - Divulgar o que est√° a acontecer no √Ārtico e a import√Ęncia que tem para todos - Fazer uma campanha na escola para que todos tomem consci√™ncia do problema - Conceber um prot√≥tipo de plataforma √† escala e divulg√°-lo em feiras cient√≠ficas - Celebrar o Dia Internacional do Urso Polar, a 27 de fevereiro. - Continuar a investigar a possibilidade de monitorizar as popula√ß√Ķes de ursos polares. - Fazer um jornal escolar sobre o urso polar. √Č essencial que as pessoas o vejam como algo pr√≥ximo, para que se preocupem. Ainda h√° colegas que acreditam que as altera√ß√Ķes clim√°ticas s√£o uma farsa. √Č importante continuar a investigar e a procurar informa√ß√£o, para que n√£o haja d√ļvidas. Em parte, durante o ano passado, j√° foi feito um projeto que visa sensibilizar para o aquecimento global e para as dificuldades que os ursos est√£o a passar. Al√©m disso, estamos a fazer maquetes e cartazes para chamar a aten√ß√£o das pessoas. Um grau a mais, uma esp√©cie a menos!


Os projetos s√£o criados pelas equipes e elas assumem a responsabilidade total pelos dados compartilhados.
‚Üź Todos os projetos